Arquitetura

Arquitetura no mundo: Unidade Esportiva Atanasio Girardot em Medellín Colômbia

O mês de agosto está iniciando e o passeio do leitor do Blog da Mol! também. Hoje teremos um pouco de Arquitetura. E nada melhor que viajar para conhecer o que está sendo produzido no Brasil e no Mundo.

A arquitetura produzida no mundo hoje é definida por fatores que não trata somente de estética. Projetos e Obras sofrem influências de custos, materiais, mão de obra, limpeza de canteiro e rapidez de execução. Tais determinantes sempre existiram, mas hoje a presença de profissionais envolvidos e treinados para pensar e prever os mesmos, está cada vez mais intensa e o arquiteto é um desses profissionais.

O turismo de conhecimento Mol! começa em Medellín, Colômbia. Falaremos de um projeto que foi vencedor do concurso público para o Centro Esportivo que deu acento físico aos Jogos Sul Americanos de 2010.

A Unidade Esportiva Atanasio Girardot, projetada por Giancarlo Mazzani e Felipe Mesa tem 30.694 m². Ele é um exemplo de arquitetura pensada sob as premissas citadas, onde o conceito “Novo Relevo” instiga um bom design bem como a união entre a tecnologia e arquitetura, que são fatores que determinaram uma resposta de qualidade.

Qualidade viabilizada através da compatibilização de ideias e informações. O “Novo Relevo” ou Faixas estão em cor verde, é a cobertura do edifício principal. O resultado das Faixas é bem interessante, pois a forma com que foram dispostas não permite que a luz solar penetre no interior do edifício de maneira direta. E ainda tratando de conforto, as fachadas norte e sul do edifício permitem a passagem de correntes de ar proporcionando amplas ventilações cruzadas. União entre iluminação adequada e ventilação abundante em ambientes que tem uma aglomeração de pessoas faz com que as premissas de conforto sejam alcançadas.

Giancarlo Mazzani e Felipe Mesa proporcionaram outros benefícios através da repetição, industrialização, modulação e consequentemente a potencialização da velocidade da obra. O piso, estruturas da arquibancada e as colunas são em concreto, modulares. As Faixas da cobertura são construídas a partir de treliças metálicas leves unidas por outras treliças metálicas menores, repetidas, modulares e facilmente industrializáveis.

Em um edifício em que a forma é definida pela estrutura, o uso de materiais metálicos possibilitou os benefícios na execução, permanecendo como referência de boas práticas arquitetônicas na atualidade.

Para continuar o passeio e conhecer outras produções contemporâneas, fique ligado no Blog da Mol!

 

voltar para postagens

deixe um comentário